Cirurgia de Marca Passo

 .
   


MARCA PASSO CARDÍACO 

1) O QUE É MARCA PASSO CARDÍACO ? ( MPC )

 

O Marca Passo Cardíaco (MPC), nada mais é do que um dispositivo eletrônico microprocessado de alta tecnologia; com a finalidade profícua de manter o ritmo cardíaco mínimo, necessário para a manutenção da vida, ou em outras palavras o MPC tem a função de manter um fluxo sanguíneo suficiente para o manter o metabolismo cerebral em condições fisiológicas.

Dessa forma alguns tipos de doenças do coração, sejam elas de nascença (congênitas ) ou adquiridas durante a vida, provocam no coração o fenômeno chamado de Bradicardia pelos médicos, ou seja “batimentos cardíacos lentos” onde resultam em diminuição do fluxo de sangue ao cérebro, provocando dessa forma sintomas como tontura, desmaios, lipotimias e podendo levar a morte. Com o uso de MPC este fenômeno de BRADICARDIA é sanado, pois ela impede que os batimentos cardíacos lentos prevaleçam, quando o ritmo de coração começa a diminuir, o MPC entra em ação, estimulando os músculos cardíacos a se contrairem e consequentemente mantendo o fluxo de sangue suficiente para o cérebro. 

 

2 ) QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS COMPONENTES DE UM MPC ?

Ela consiste basicamente de 2 componentes distintas a saber:
A ) Gerado do marca passo
B ) Eletrodos 

 

3 ) E QUAIS SÃO OS SUBCOMPONENTES DO GERADOR DO MPC ?

O Gerador do MPC é subdividida em duas partes
A ) O Gerador propriamente dito ( baterias )
B ) Circuito Eletrônico ( o cérebro do MPC )  

 

4 ) QUAL É A FUNÇÃO DO GERADOR DE MARCA PASSO ?

O Gerador própriamente dito se assemelha externamente a uma caixa de fósforo,Com vários formatos, retangulares, circulares, ovaladas etc e com a evolução da tecnologia foram ficando cada vez menores e mais finos que uma caixa de fósforo.Internamente o Gerador do MPC é subdividida em dois componentes principais, O Gerador em si que nada mais é do que a “bateria” do sistema, é a fonte de energia que alimenta todo sistema do MPC. Inicialmente ela e feito de baterias de Mercúrio e atualmente é feita de Lítium que tem a vantagem de ser menos tóxica e tem maior durabilidade que a anterior. Existiram alguns modelos experimentais de “bateria movida a energia nuclear” mas foram descartadas, por serem caras demais e por motivo de segurança quanto a radiação emitida, foram descartadas no uso rotineiro. 

 

5 ) QUAL SERIA A FUNÇÃO DO CIRCUITO ELETRÔNICO DO MPC ?

O Circuito Eletrônico funcionaria como o cérebro de todo o sistema do MPC.Ela tem a função de reconhecer primeiramente os batimentos próprios do coração e em seguida processá-los e se necessário logo a seguir, mandar um estímulo elétrico através do eletrodo ou eletrodos até o ventrículo provocando dessa forma um batimento cardícaco, evitando desse modo o fenômeno chamado de BRADICARDIA.
A alta tecnologia presente neste circuito eletrônico, permite que o médico controle vários parâmetros do MPC sem necessidade de retirar o mesmo do corpo do indívíduo. Dessa forma basta colocar um “programador” sobre o gerador e o médico conseguirá controlar e alterar por exemplo a frequencia cardíaca necessária para estimular o coração.

 

6 )PARA QUE SERVEM OS ELETRODOS DO MPC ?

Os Eletrodos nada mais são do que um sofisticado “fio longo” , flexível, quase inquebrável, envolto de um material isolante geralmente de poliuretano com  duas extremidades, sendo que uma das pontas é conectado no Gerador do MPC e a outra ponta é colocado sob impacção na parede interna do coração mais precisamente no ventrículo direito .
A extremidade ventricular do eletrodo tem uma característica peculiar, qual seja

ela tem formato de “guarda chuva” para facilitar o seu alojamento na parede trabeculada do ventrículo e melhorar a sua fixação. Existem outras pontas de

eletrodos em formato de “rabinho de porco” ou com “forma de parafuso” também com intuito de melhorar a fixação no coração.  

Portanto o eletrodo tem a função de interligar o coração ao gerador do MPC,

Para que o circuito eletrônico microprocessado conseguia detectar os impulsos

Elétricos vindos do coração, processá-los e poderá se for o caso enviar através deste eletrodo por outra via impulsos elétricos de pequena voltagem para estimular a contração cardíaca. 

 

7 ) RESUMIDAMENTE, QUAL É A FUNÇÃO PRIMORDIAL DO MPC. ?

Como foi explicado no parágrafo anterior, a função principal do MPC., seria a

da manutenção de uma frequência cardíaca (FC) mínima necessária para preservação da vida, qual seja a de manter a FC., entre 60 a 70 batimentos por minuto.

Dessa forma, o MPC., manteria uma circulação sanguínea fisiológica , normal para todo o corpo e principalmente ao cérebro evitando dessa forma tonturas,vertigens, desmaios e a morte. 

 

8 ) QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS TIPOS DE MARCA PASSO ?

Os principais tipos de MPC hoje existentes são os seguites: 
1) MPC para Bradicardia e Bloqueios.
2) MPC para Taquiarritimias
3) PC c/ Desfibrilador Implantável
4) PC p/ ICC (Insuficiencia Cardíaca Congestiva )
5) PC p. Diagnóstica de Arritimias. ( Reveal ). 

 

9 ) QUEM FOI O INVENTOR DO PRIMEIRO MARCA PASSO ? 

Os primeiros tipos de MPC foram concebidos para tratamento de bloqueios cardíacos e de bradicardia ( frequência cardíca baixa ), pois não havia tratamento medicamentoso que possa reverter os mesmos. 

Dessa forma foi com este intuito de reverter esta situação é que o DR. ALBERT

HEYMAN em 1932 , foi o pioneiro e tratou um paciente portador de bloqueio cardíaco com uso de um aparelho rudimentar com gerador marca passo externo movido a manivela como mostra o foto a seguir.Posteriormente foram sendo feitas novos avanços nesta área, culminado com a técnica atualmente empregada, qual seja a de implante do MPC via introduçãovenosa, onde foi primeiro empregado pelos DRS. FURMAN E SWCHWEDEL E ROBINSON em 1958.
Também em 1958, os cirurgiões suecos Drs. AKE SENNING e LARSSON
juntamente com o engenheiro ELMQUIST, implantaram o primeiro MPC
eletrônico no interior do corpo humano, mas o gerador durou sómente por alguns dias. 

 

10) COMO É FEITA A CIRURGIA DE MPC ?

O implante de MPC. como ela é chamado pelos médicos esta cirurgia, é uma das cirurgias mais simples dentro da cirurgia cardíaca.O procedimento é feito através da punção da veia subclávia
( veia existente embaixo da clavícula ) ou pela veia jugular ou ainda pela dissecção da veia cefálica
o qual é um dos ramos da veia subclávia.Em seguida introduz – se nestas veias escolhidas o eletrodo ou eletrodos e posi- cionálos no ventrículo direito ou atrio direito conforme o tipo de MPC utilizado.Faz se também as medidas eletrofisiológicas do local implantado, seguido da sua fixação e conecção com o gerador do MPC. 


11) É NECESSÁRIO ANESTESIA  GERAL PARA CIRURGIA DE MPC ?

A resposta a esta pergunta é NÃO, o implante de MPC é feito sómente com anestesia local com Xylocaina (anestesia semelhante ao utilizado pelos dentistas). Portanto o paciente permanece acordado durante toda a cirurgia.Sómente o implante de MPC do tipo epicárdico, reguer anestesia geral, ondea necessidade de toracotomia. 

 

12) QUAIS SÃO OS CUIDADOS NECESSÁRIOS NO PÓS OPERATÓRIO IMEDIATO DO MPC? 

O principal cuidado no PO. Imediato do implante de MPC é, além de manter a área cirúrgica limpa, higiênica, deve evitar de movimentar bruscamente do lado do braço onde está alojado o gerador do MPC., evitando desse modo seu deslocamento e consequente inefetividade do sistema. Evitar de pular ou praticar exercícios físicos, evitar de flexionar o tronco frequentemente prinicpalmente nos primeiros 30 dias, até ocorrer total cicatrização. 

13) QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES DA CIRURGIA MPC? 

As principais complicaçõs do implante de MPC., são as seguintes:
1 ) Infecções e Deiscências.
2 ) Deslocamento ou desimpacção de eletrodo.
3 ) Arritimias.
4 ) Sindrome de Marca Passo.
5 ) Extrusão do gerador.
6 ) Fratura do eletrodo.
7 ) Endocardite 

 

14) PORTADORES DE MPC PODEM MANIPULAR APARELHOS. ELETRODOMÉSTICOS ? 

A princípio sim, pois todos os geradores já vem de fabrica blindados contra ondas eletromagnéticas de pequena voltagem emitidas pelos aparelhos eletrodomésticos.Dessa forma poderão manipular liquidificadores, batedeiras, forno de microndas, máquinas de lavar roupa e de pratos, ar condicionados, rádios , televisões etc. 

 

15) ENTÃO, PORQUÊ OS PORTADORES DO MPC. NÃO PODEM ADENTRAR NOS DETECTORES DE METAIS EXISTENTES NOS BANCOS E NOS AEROPORTOS? 

Portadores de MPC realmente não podem passar por este locais, motivados por duas razões principais: 

1) Primeiro porquê o MPC. foi concebido para blindagem contra ondas eletromagnética de pequena voltagem como os aparelhos eletrodomésticos, ela não foi feita contra os detectores de metais ( dispositivos de alta voltagem ) como as encontradas nas portas dos bancos e de aeroportos.
2) Segundo, como o MPC na essência é um metal, ao passar nestes locais mencionados, irá ativar o alarme e ao mesmo tempo poderá interferir e ativar o MPC, podendo desregulá-los. 

 

16) PORTANTO, QUAIS SÃO OS LOCAIS NÃO RECOMENDADOS PARA PORTADORES DE MPC.

Resumidamente, os portadores do MPC., deverão evitar: 

1) Detectores de Metais de portos, aeroportos , bancos e lojas.
2) Base de Estações de Rádio e de Televisões.
3) Estações de Geradores ou Hidroelétricas.
4) Linhas de Transmissões de alta voltagem
5) Colocar Imãs sob o gerador do MPC.
6) Motores elétricos desregulados. 

 

17) QUAL É A DURAÇÃO DE UM MARCA PASSO ? 

Os MPC fabricados hoje em dia, tem uma vida média entre 6 a 15 anos, dependendo do fabricande e do uso feito pelo próprio paciente. Mas em linhas gerais a vida média ( durabilidade ) situa se entre 7 a 10 anos